cozinha-o-coracao-da-casa-580x371
(Revista zap/
Projeto by Leila Degering e Paula Costa/ Rio de Janeiro)

A cozinha, desde o tempo da vovó, é ponto de encontro e bate papo. Com aromas, cheiros e agradáveis recordações, oferece o melhor da casa: a convivência. O ar de celebração e nostalgia entre amigos e família é combustível renovável e mesmo as(os) desprovidas(os) de dotes culinários assumem: é bom demais da conta, sô!

Neste clima de comida caseira e cheirinho de bolo é preciso admitir, a cozinha é o ambiente que mais se transformou nas últimas décadas. Adaptou-se as novas tecnologias e necessidades da vida moderna. Compactou metro quadrado, multiplicou tarefas e como todo grande coração, ainda tem espaço para a galera!

Muitas atividades se desenrolam inerentes ao seu uso e por isso há uma enorme demanda por soluções estéticas e práticas que busquem qualidade.  Já diz o ditado ”quem casa quer casa” e a cozinha está invariavelmente no topo da lista.

O primeiro passo é avaliar seu ritmo de vida: solteiro(a), casado(a) ou de família alternativa. A rotina e os horários são pontos de referência: usar muito, pouco, mais ou menos ou só aos finais de semana, já indica o caminho.

Expectativas e disponibilidade de investimento também. O mais importante: a cozinha mega maravilhosa da revista ou a linda reforma da vizinha não é necessariamente a cozinha perfeita para você.

cozinha-branca-900x600
architecturaldigest.com/ Imgem: Nikolas Koenig

Grandes ou pequenas, tradicionais ou integradas o importante é preencher suas necessidades e expectativas. Hoje, dicas gerais para você começar a entender o caminho a seguir:

01- Faça um levantamento das necessidades da sua família;

02- Contratar um profissional ou empresa para desenvolver o projeto é garantir resultado final e um investimento corretamente direcionado;

03- Dê preferência aos materiais de fácil manutenção e duráveis;

04- Armário revestido de laminado melamínico é o carro chefe no quesito boa escolha. Atenção, a marcenaria é o item mais dispendioso deste ambiente, seja cautelosa(o) em suas escolhas;

05- Bancadas: granito, inox ou materiais sintéticos são os mais utilizados, mas nada impede que você opte por soluções alternativas e até mais criativas;

06- Revestimentos: evite rejuntes muito largos e materiais texturizados que seguram a sujeira. Quanto mais claro, mais fácil de identificar as danadinhas;

07- Cubas: as de inox são as mais utilizadas, as de materiais sintéticos podem ser produzidas em uma só peça juntamente com a bancada, sem emenda;

08- Duas cubas, dupla ou individuais permitem que mais de uma pessoa trabalhe ao mesmo tempo, ou pode separar usos: uma para alimentos e outra para as louças;

09- Iluminação natural é muito importante e se estiver na frente da pia, melhor ainda;

10- Iluminação complementar acima da cuba é boa dica para evitar sombra na hora de lavar os alimentos;

11- Se houver muitos armários acima da bancada de trabalho, instale iluminação logo abaixo deles, neutraliza a sombra que os armários produzem;

12- Eletrodomésticos de qualidade e bem dimensionados são importantes para o seu dia a dia. Vale a pena investir;

Dica: algumas marcas importadas permitem que o mesmo acabamento dos armários seja utilizado nas portas dos eletrodomésticos. Requinte de alto investimento, mas com visual totalmente personalizado.

13- Fique atenta(o) a ergonomia, conforto para desenvolver atividades diárias é questão de saúde;

14- Organize os utensílios respeitando seus locais de uso. Talheres para cozinhar ao lado do fogão, assim como as panelas. Temperos em prateleiras ao alcance das mãos ou em gavetões;

15- Uma mesa de refeição no centro da cozinha se houver espaço suficiente, ou próximo à bancada de trabalho pode servir de apoio na hora de cozinhar;

16- Não tenha medo da cor, a cozinha é local de encontro e aceita escolhas mais alegres e divertidas além do básico branco;

17- Aramados na parede para temperos e escorredor de louças é charmoso e libera bancada de trabalho;

cozinha-br-e-pt-609x456
(cozinha-br-e-pt-01)
decoration0.com

Aqui em nossa casa você encontrará muitos posts sobre cozinha, e não é porque sou cozinheira de mão cheia ou dada a panelas e fogão. Garanto o ovo cozido, a salada, a torta de liquidificador, a guacamole e a brusqueta, de resto… adoro comer!

Os posts sobre cozinha são frutos bem colhidos de uma época em que fui monitora em uma escola de Arte e Design. Por alguns anos auxiliei as turmas e dei suporte ao professor. Minha necessidade em organizar as informações e pesquisas deu o primeiro sinal de vida e daí, nasceram as aulas. Engavetadas por algum tempo, doidinhas para curtirem por aí, foram minha primeira inspiração para o blog que começou e continua com o mesmo conceito: aprender e compartilhar.

Se você curtiu ou tem outras dicas para acrescentar, poste nos comentários. É muito importante para mim sua opinião.

Seja sempre bem vindo à nossa casa!

Autor
Escrito por

Assuntos Relacionados

O entusiasmo toma conta da pessoa que voz fala e a produção no “Ateliê oh de casaa!!!” segue a todo vapor! A primeira coleção...

E cá estou euzinha novamente! Os dedinhos saudosos de “escrevinhar” palavras que tanto me deixam felizinha “por demais da conta sô”! Como...

Cozinha no Dia das Mães Por Rocéli Rapini (Texto transcrito abaixo) Coração...

Viver é fazer escolhas com as quais temos que conviver. Deixar a...

Newsletter

Inscreva-se e receba as postagens no seu e-mail.
Cadastre seu e-mail:

Importante: Eu não envio spam!