como-escolher-o-profissional-01

Se é enorme a dúvida sobre contratar ou não um profissional para projetar e acompanhar sua obra, é de se esperar uma certa insegurança quanto à escolha do eleito. Definir a pessoa certa diante de um mercado enorme de opções pode deixar quem já está meio tenso, pensando em apelar para o chazinho de camomila da vovó.

Mas calma, não é tão complicado assim. Abaixo alguns caminhos possíveis para resolver essa charada:

01- Conversar com pessoas conhecidas que já construíram com a ajuda de um arquiteto pode ser o caminho mais curto. Trocar ideia e fazer perguntas sobre a forma de trabalho, também é importante.

02- Passear pela cidade e observar construções recentes ou que estejam em andamento e que agradam são uma forma de conhecer a obra antes do artista. Em obra sempre há identificação do profissional com nome, contato e número de registro profissional (CAU para os arquitetos e urbanistas e CREA para os engenheiros).

03– Pesquisar na internet é prático. Se o site apresentar imagens dos trabalhos, é meio caminho andado, do contrário, vale marcar uma visita ao escritório e conhecer o portfólio. Alguns profissionais disponibilizam visitas à casa de um ex-cliente. Outros trabalham Home Office e podem atendê-la(o) na sua casa, em um primeiro momento, e depois agendar uma visita a alguma obra em andamento ou já pronta.

Esteja atenta(o) também sobre o estilo de trabalho do profissional. Alguns imprimem em suas obras, de forma clara, a maneira de projetar. Essa pode ser uma vantagem quando se trata de marca, mas em alguns casos as obras acabam todas muito parecidas umas com as outras. Fique atento para não confundir estilo com falta de criatividade.

05– Independente de como você chegou às opções disponíveis, o essencial é ter empatia; afinal de contas, essa pessoa fará parte da sua vida por um certo período e quanto mais a vontade e próxima(o) você se sentir, mais fácil será para a conexão entre vocês se transformar em resultado positivo na obra.

06– Se você está pesquisando vários profissionais, siga mais seu coração do que seu bolso. O papel dele será também otimizar investimentos e, por isso, vale muito a pena contratar aquele que mais agradou e com quem você mais se identificou, do que simplesmente o mais barato.

Dica: Dê preferência para o engenheiro que já trabalha com o arquiteto escolhido, se os dois já estão afinados, fica tudo mais rápido e simples. O mesmo vale para a(o) paisagista.

Dúvidas? Quer trocar experiência sobre o que você já viveu em obra? Poste nos comentários, quero ouvir sua opinião!

Um passo de cada vez, chega-se longe. Um tijolo de cada vez, constrói-se um castelo e boa sorte nessa empreitada!!!

Abaixo a lista do conteúdo do Diário de Obra:

01- Diário de Obra – Introdução
02- Diário de Obra – Por que contratar um profissional para sua obra?
03- Diário de Obra – Como escolher o profissional para sua obra?(você está aqui)
04- Diário de Obra – Como escolher o terreno para a casa dos seus sonhos
05- Diário de Obra – O projeto da casa dos seus sonhos
06- Diário de Obra – Como ler a planta da sua casa?
07- Diário de Obra – O início da execução
08- Diário de obra – Organize-se e economize – 21 Dicas

Autor
Escrito por

Assuntos Relacionados

Garanto que, quando você decidiu construir a sua casa, aliás, a casa...

Óh dúvida cruel! Você entra na loja e fica sem fôlego ao...

Na postagem anterior do “Diário de Obra”, dei uma pincelada...

Desde que iniciei as postagens para o Diário de Obra, venho me...

Deixe um comentário

Newsletter

Inscreva-se e receba as postagens no seu e-mail.
Cadastre seu e-mail:

Importante: Eu não envio spam!