13
nov
2014

cuide-se-bem-01

O titulo da postagem de hoje veio de um folheto com textos positivos e para reflexão que gostei muito. Geralmente, quando me deparo com impressos assim, costumo ler e devolver. Sei que se levar para casa para reler, na verdade vou aumentar a pilha de coisas que não sei o que fazer e mais cedo ou mais tarde, vai para o lixo. Por isso, prefiro pôr de volta.

Quando o tema “Cuidar de Você” é a pauta do dia, a primeira coisa na qual pensamos é em cuidar do corpo. Acho um pensamento muito saudável. Mas, hoje vou falar do cuidado emocional, atitudes e pensamentos que podem fazer do nosso dia e também da nossa vida um “téquinho” melhor!

Quando comecei a escrever ainda não sabia por onde começar e acho que, já que meu cérebro é meio agitado e um tanto indomável, começar pelo que, para mim é o mais difícil, será um ótimo número 01 da lista!

01- Chutar para longe todos os pensamentos que não consideramos saudáveis. Esses danados pensamentos parecem ter vida própria. Distraiu um pouquinho pronto, lá estão eles saltitantes dentro da nossa cabeça. Considere os pensamentos indesejáveis como aqueles que você não gostaria que tivessem por você e também os que são a extensão de alguma briga ou discussão. Ficar remoendo ou alimentando bate boca mentalmente é péssimo e nos faz gastar muita energia à toa. Só você está discutindo ou remoendo, a outra pessoa está levando a vida numa boa. Então, joga fora, chuta para longe, imagina uma lata de lixo e põe tudo o que não presta dentro.
Inclua também os pensamentos sobre problemas que não podem ser resolvidos. Alguns são assim mesmo, estão além do nosso alcance. Fritar os neurônios com coisas desse tipo é pura perda de tempo, energia e fósforo! Cultive a paciência, é mais saudável.

02- Pense e veja as coisas a sua volta de forma positiva. Alguns diriam que preferem ser realistas. Mas, existe uma enorme diferença entre ser realista e ser negativo. Ver o lado bom da coisa não é ignorar as dificuldades. Pensar positivo é simplesmente não desanimar. Tudo passa e com certeza você aprendeu, amadureceu e está mais preparada(o) para a vida depois de uma experiência difícil.

03- Não espere uma coisa para fazer outra. Tem gente que senta e espera que determinada situação mude para depois realizar algo que considera importante. É infinitamente mais produtivo ir à busca do que é importante para você com as ferramentas que você tem em mãos, do que ficar no banco da vida vendo o bonde passar.

04- Ouça a sua intuição, desenvolva seu termômetro interno. Respeitar o que você sente é, geralmente, o caminho mais seguro para fazer escolhas. Fazemos escolhas a cada minuto, muitas banais e outras que podem mudar o rumo das nossas vidas. Dê atenção às evidências externas, mas principalmente, sinta o que diz aquela vozinha interna que está sempre te dando uma mãozinha nos momentos mais confusos. Ouça você mesma(o).

05- Goste de você do jeito que você é. Sei que é complicado não se deixar poluir pelo culto excessivo da imagem. É quase um milagre. Nós mulheres somos destinadas, desde pequenas, a viver às voltas com isso, nem a boneca dá trégua (Barbie). Mas, vamos nos esforçar. Entender que a beleza acaba, assusta e também ajuda, porque quando o tempo dela acabar será o tempo da sabedoria, resultado de como você viveu suas experiências. Deixa para lá quem ainda vive na ilusão das aparências e abra as portas para quem te vê de verdade.

06- Tenha projetos e metas. Sem o exagero que frustra, pois tudo o que é demais não é legal. Mas, vá em busca. Como diz uma amiga: “o não você já tem”, porque ter nada é o mesmo que não conseguir o que quer. Lute pelo sim, enquanto for saudável para você.

07- Tenha pessoas queridas por perto. Hoje ficou fácil manter contato com amigos e familiares distantes, a vida acontece em dois mundos. O virtual, além de ser mais rápido, é também o que vai mais longe. Aproveite para cultivar os amigos, é necessário. Ninguém deve caminhar sozinho. Só não esqueça que o olho no olho também é importante!

08- Respeite seus limites. Mesmo que algumas pessoas não entendam seus motivos e sentimentos, nunca permita que a linha estabelecida por você sobre o que é bom e saudável seja transposta. Respeite-se e você estará ensinando os outros a te respeitarem também. Tropeçar na incompreensão de vez em quando é normal, cada um tem seu próprio mundo e nem sempre é possível enxergar o outro com clareza de lá de dentro.

09- Dedique-se a coisas diferentes da sua vida profissional. Ser workaholic pode até encher o bolso, mas esvazia a saúde física e emocional. Escolha algo que te dê prazer. Escreva, dance, estude, curta a família e os amigos, relaxe.

10- Seja sempre, impreterivelmente, profundamente, dedicadamente você mesma(o)! Preocupe-se menos ou se possível, não se preocupe com opinião alheia. Você é única(o) e, portanto não precisa se moldar a padrões. Se você não cabe na fôrma geral, tanto melhor. Seja do seu tamanho, do seu jeito e sinta-se segura(o) com isso.

Cuide-se sempre. Só você sabe o que se passa aí dentro. Seja responsável por você e esteja sempre atenta(o), suas escolhas lhe trarão consequências.

Espero que ler o texto de hoje tenha sido especial para você, assim como foi para mim escrevê-lo. Cultive-se, alegre-se, anime-se e lembre-se, cada uma de nós é especial a sua maneira.

Beijos e ótimo dia para você!

Autor
Escrito por

Assuntos Relacionados

Na primeira parte desta postagem falei sobre as dez primeiras dicas sobre...

Dia 21 de março começa o outono, minha estação preferida. Não é quente demais...

Eu sou do tipo que se enfia em casa e descansa quando...

Tenho uma tia avó que já viveu momentos muito difíceis, acho até...

Newsletter

Inscreva-se e receba as postagens no seu e-mail.


Importante: Eu não envio spam!