Arquivo Anual: 2014

luxo-na-simplicidade

imagem: detalhesamor

Já ouvi muitas vezes comentários assim: “Comprei uma casa linda! Um sobrado com escada revestida de mármore e lustres de cristal! Um luxo!”. Não sei bem como definir a palavra luxo quando se trata de casa. Assim como tudo, cada palavra depende de seu contexto, ambiente, cultura e hábito de quem a está utilizando.

O mercado de luxo real, que cria produtos de alto valor agregado, é para pouquíssimos. Está muito além da compreensão dos simples mortais. Produtos que adquirimos em lojas por algumas bagatelas, algumas vezes em parcelas, são comprados neste outro mundo por valores que poderiam facilmente ser o primeiro “apê” de alguém.

Tem gente que sonha com uma vida assim, glamourosa, com muito brilho e svarovisk (purpurina está fora de moda…), joias, iates, carrões e a famosa escada de mármore. Nada contra sonhos e desejos, cada qual com suas metas de vida. Mas, será que luxo é mesmo sinônimo de excessos e muito dinheiro?

Meu conceito sobre luxo encontra mais identidade no bem estar do que na versão material. Não importa o tamanho da sua casa e nem se ela tem escada. Aliás, para mim, o primeiro item de luxo nos dias de hoje, tratando-se do ponto de vista material, é morar em casa térrea, sem escada! Com um baita quintal cheio de árvores e muita grama para gato, cachorro, papagaio e toda a família se divertir a céu aberto e pertinho da natureza.

Falei da casa térrea porque os terrenos estão cada vez mais caros. Construir no momento é tarefa árdua e custosa. Ter metro quadrado para uma casa térrea com quintal como antigamente é um luxo nesse século. E é por esse caminho que sigo hoje. Falar do que realmente importa quando o assunto é a dobradinha luxo x bem estar, e você verá que tamanho não é mesmo o mais importante.

Bem estar é sinônimo de qualidade de vida, portanto… um luxo! Chegar em casa após o trabalho e ser recepcionada(o) pelo aconchego do seu lar abarrotado de coisas que falam de você e contam, para quem quiser ouvir ou ver, o quanto esse espaço é importante para recarregar as suas energias.

As cores que te fazem bem e a luz que te recepciona ao abrir a porta é detalhe que só quem tem alma luxuosa sabe valorizar. O luxo mora dentro de você, na maneira como você vê as coisas e valoriza as soluções simples. Seu sofá não precisa custar quinze mil reais para ser o cantinho mais aconchegante da casa na hora de relaxar o corpinho que labutou o dia todo.

Receber os amigos naquele quintal minúsculo que tem o céu como telhado, é compartilhar calor humano e amizade. Nenhum espaço é pequeno demais quando a vontade de dividir é maior. Estar entre pessoas queridas é tão bom que cada centímetro tem sua utilidade, e cheiro de bolo com café não precisa de área sobrando para animar o seu momento especial.

Luxo é valorizar o que você tem e do jeito que é. Também é exercitar sua criatividade para mudar as coisas quando o momento da vida pede renovação. Não ter medo de ser quem você é, e deixar a casa do seu jeito, é auto aceitação.

Cheirinho de lavanda nos lençóis e a parede da sala vibrante como a cor de uma flor são luxos que apenas quem se assume tem. Planta espalhada pela casa é para quem gosta e não para quem acha bonito, porque elas precisam de você e com certeza, te darão mais do que você oferece a elas. É energia da natureza preenchendo a alma da sua casa que te abraça e te recepciona todos os dias.

Luxo é ter um tempo para fazer coisas gostosas e que te dão prazer. Ler, cozinhar, ligar para a sua avó, rir minutos intermináveis com sua sobrinha e abraçar quem está por perto só porque um dia você ouviu que, três abraços por dia pode fazer o dia mais feliz.
E assim, na visão desta pessoa que vos fala, bem estar e luxo são irmãos siameses e não primos pobre e rico. Se você arrumou e organizou sua casa na loja de R$1,99 é porque sua alma é tão luxuosa e criativa que descobriu a beleza desses achados em usos e locais inusitados, sem preconceito sobre o certo e o errado. Além do que, é a importância que você dá a beleza, limpeza e organização que farão da sua casa um luxo, e não quantos cômodos ela tem, ou o quanto você pagou pela jarra com flores que mora na sua sala.

Seja criativa, olhe para você com carinho e traga esse amor para seu espaço.

LUXO = BEM ESTAR + QUALIDADE DE VIDA

Você já utilizou peças super baratas e simples para dar uma charme a mais na sua casa? Gostou do resultado? Envie imagens e informações através dos contatos na barra superior do cabeçalho e participe do “Hall da Fama”!
Bjos e obrigada pela visita.

Autor
Escrito por

Assuntos Relacionados

Na primeira parte desta postagem falei sobre as dez primeiras dicas sobre...

Dia 21 de março começa o outono, minha estação preferida. Não é quente demais...

Eu sou do tipo que se enfia em casa e descansa quando...

Tenho uma tia avó que já viveu momentos muito difíceis, acho até...